Diretrizes Para Autores

      As publicações na Nova Revista Amazônica abrangem:



Dossiê Amazônia – Divulga artigos de natureza acadêmico-científica acerca das realidades da Panamazônia anglófona, francófona, hispanófona, lusófona, ameríndio-originárias, em particular estudos e pesquisas vinculadas às áreas de Letras e Linguística, Ciências Sociais, Antropologia, Pedagogia e História.

Seção livre – Para publicações de artigos que atendam à especificidade da revista, que é de  estudos e pesquisas na área de Letras e Linguística, Ciências Sociais, Antropologia, Pedagogia e História, com temática e/ou objeto relativos à realidade brasileira e/ou estrangeira.

Resenhas, traduções e entrevistas – Também serão aceitas, desde que sejam relativas a obras e relatos de autores com produção reconhecida nas humanidades.

Ensaios etnofotográficos - Espaço reservado à Antropologia Visual enquanto linguagem através da imagem e como fontes e instrumentos de estudos etnográficos. 

Vídeos etnográficos-  Espaço para divulgação de produções audiovisuais no campo da pesquisa etnográfica.

Crônicas etnográficas- Espaço para publicação de crônicas que atendam às especificidades da Literatura e Antropologia e que vislumbrem a crônica como primeiro momento resultante de uma pesquisa de campo.

1.2. Sobre o material
1.2.1. Todo o material deve ser encaminhado para o endereço eletrônico: novarevistaamazonica.ufpa@gmail.com e, para assegurar a revisão de pareceristas ad hoc, o texto deve estar em conformidade com as normas editoriais da revista. Os trabalhos que não estiverem adequados às normas descritas adiante serão devolvidos aos autores. A NRA não cobra custos de tramitação, processamento de avaliação e submissão de artigos.
1.2.2. A contribuição deverá ser original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, por favor, justificar no e-mail. O arquivo da submissão deve estar em formato Microsoft Word.  
1.3. Quanto ao texto
O título e subtítulo devem ser escritos em Times New Roman, corpo 12, negrito, utilizando caixa alta, alinhamento centralizado, espaçamento simples. Exemplo:

FOUCAULT E O ENSINO SUPERIOR:
DO GOVERNO DOS OUTROS AO GOVERNO DE SI MESMO

1.3.1. Sobre as seções
a) Introdução, Considerações Finais e Referências devem aparecer sem numeração, em negrito, caixa alta, alinhado à esquerda, sem recuo de primeira linha, escrito em Times New Roman e corpo 12. Exemplo: INTRODUÇÃO; CONSIDERAÇÕES FINAIS; REFERÊNCIAS. Deve-se deixar uma linha em branco, antes e depois de cada ítem.
b) As seções primárias devem vir em negrito, caixa alta, numeradas, seguida por um ponto, sem recuo de primeira linha entre o numeral e o titulo da seção. O espaçamento entre seções primárias, secundárias e terciarias é de 1,5. Exemplo:
1. DIÁLOGOS EM EDUCAÇÃO A PARTIR DO PENSAMENTO DE KANT.
c) As seções secundárias devem vir em caixa alta, e sem negrito, numeradas, separando seção primária e secundária por um ponto, com recuo de primeira linha 1,5 cm entre o numeral e o titulo da seção. Exemplo:
1. O CONCEITO DE ESCLARECIMENTO E A CRÍTICA KANTIANA EM FOUCAULT.
1.1. O QUE É ESCLARECIMENTO?
d) As seções terciárias devem vir com negrito, caixa baixa, numeradas e separadas por ponto.
Exemplo: 1.1.1. Concepções outras de esclarecimento em Foucault e Kant.
1.3.2. Sobre as citações
Para as referências aos autores feitas a partir de citações ao longo do texto, solicitamos a aplicação das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), especificamente: NBR 10520/2002. Destacamos que:
a) as referências aos autores feitas entre parênteses ao longo do texto devem seguir a seguinte padronização: o sobrenome do autor deverá ser escrito em caixa alta, seguido do ano da publicação e, no caso de citações literais, também o número da página da qual foi extraída. Para os casos de referências com até três autores, separar os sobrenomes com ponto e vírgula. Para acima de três autores, fazer referência somente ao sobrenome do primeiro autor seguido de “et al.”, em itálico. Por exemplo: (MONTEIRO, 1988); (MONTEIRO; VILHENA; CAVALCANTE, 1995); (MONTEIRO et al., 1999).
b) As citações de até três (3) linhas deverão ser inseridas no corpo do texto com aspas, com fonte Times New Roman, tamanho 12.
c) As citações literais com mais três (3) linhas deverão vir destacadas do texto em blocos e recuadas em 4 cm, em fonte tamanho 10, sem aspas e com espaçamento simples. Deve-se deixar uma linha em branco, antes e depois entre a citação e o parágrafo.
d) Nas citações indiretas a indicação de página é opcional, conforme os modelos:
Exemplo 1:
Segundo Hassen (2002, p. 173): "Há uma grande carência de materiais didáticos nesse campo, principalmente se aliados à ludicidade."
Exemplo 2:
Sabemos que há "[…] uma grande carência de materiais didáticos nesse campo […]" (Hassen, 2002, p. 173).
Exemplo 3:
Sabemos da grande carência de materiais didáticos nesse campo (Hassen, 2002).
Exemplo 4:
Sabemos da grande carência de materiais didáticos nesse campo, segundo Hassen (2002).
Exemplo 5:
Sabemos da grande carência de materiais didáticos nesse campo, segundo Hassen (2002, p. 173).
e) As referências devem ser digitadas usando espaço simples entre as linhas, e espaço duplo para separá-las, alinhadas à esquerda.

1.4. Sobre as Referências
A entrada de autores nas referências (no final do artigo) deverá ser idêntica àquela feita para as citações no texto e deverá, igualmente, seguir as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT): NBR 6023/2002. Grifamos que:
1.4.1. Livro
BENJAMIN, Walter. Rua de mão única. 5 ed. São Paulo: Brasiliense,1995. (Obras escolhidas, v. 3).

BARTHES, Roland et al. Literatura e realidade (que é o realismo). Apresentação Tzvetan Todorov. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1984.    
1.4.2. Capítulo de livro

LAFETÁ, João Luiz. Três teorias do romance: alcance, limitações, complementaridade. In: A dimensão da noite e outros ensaios. Organização Antonio Arnoni Prado. São Paulo: Duas Cidades; Editora 34, 2004. p. 284-95.       

1.4.3. Artigo em coletânea
LIPPARD, Lucy R. Trojan Horses: Activist Art and Power. In: WALLIS, Brian (Ed.). Art after Modernism: Rethinking representation. New York: The Museum of Contemporary Art; Boston: Godine, 1984. p. 341-58.

1.4.4. Artigo de jornal
FISCHER, Luís Augusto. Nobreza do samba. Folha de S. Paulo, São Paulo, 05 jul. 2009. Mais!, p. 3.       

1.4.5. Artigo em revista impressa
HIRT, André. Le retrait et l’action (Marx et Hölderlin). Alea: estudos neo latinos: revista do Programa de Pós-graduação em Letras Neolatinas da UFRJ, Rio de Janeiro, v. 10, n. 2, p. 304-24, jul.-dez. 2008.   

1.4.6. Artigo em meio eletrônico
DUARTE, Lívia Lemos. O narrador do romance Cidade de Deus, de Paulo Lins. Revista Garrafa: revista virtual do Programa de Pós-graduação em Ciência da Literatura da UFRJ, Rio de Janeiro, n. 5, jan.-abr. 2005. Disponivel em:< http://www.letras.ufrj.br/ciencialit/index_revistagarrafa.htm>. Acesso em: 10 jul. 2007.   

1.4.7. Trabalho apresentado em evento

SANTIAGO, Silviano. O intelectual modernista revisado. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DA FACULDADE DE LETRAS DA UFRJ, 1., 1987, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: Faculdade de Letras da UFRJ, 1989. Palestra. p. 79-87.

CONGRESSO INTERNACIONAL DE ESTUDOS LINGUÍSTICOS E LITERÁRIOS NA AMAZÔNIA, 2., 2009, Belém. Anais... Belém: UFPA, 2010. 2 v. Disponível em: http://www.ufpa.br/ciella/download/anais_ciella2_v2.pdf. Acesso em: 21 out. 2011.
1.4.8. Trabalho apresentado em evento em meio eletrônico

ANDRADE, Paulo. Travessia e impasse: a tradição modernista na poesia de Sebastião Uchoa Leite. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DA ABRALIC: TRAVESSIAS, 11., 2004, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: ABRALIC; UFRGS, 2004. 1 CD-ROM.

1.4.10. Documento eletrônico

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Coordenadoria Geral de Bibliotecas. Grupo de Trabalho Normalização Documentária da UNESP. Normalização Documentária para a produção científica da UNESP: normas para apresentação de referências. São Paulo, 2003. Disponibilidade em: <http://unesp.br/cgb/mostra_arq_multi.php?arquivo=4631>. Acesso em: 23 Set. 2012.       
1.4.11. CD-ROM:

KOOGAN, A.; HOUAISS, A. (Ed.) Enciclopédia e dicionário digital 98. Direção geral de André Koogan Breikman. São Paulo: Delta; Estadão, 1998. 5 CD-ROM. Produzida por Videolar Multimídia.
     
1.4.13. Dissertação e tese
TELLES, Luís Fernando Prado. Narrativa sobre narrativas: uma interpretação sobre o romance e a modernidade (com uma leitura da obra de António Lobo Antunes). 2009. 526 f. Tese (Doutorado em Teoria e História Literária)–Instituto de Estudos da Linguagem, Unicamp, Campinas, 2009.

2. Normas específicas
2.1. Artigos
2.1.1. O autor deve ter, no mínimo, titulação de mestre. Serão aceitos trabalhos de mestrandos em parceria com seus orientadores. Os textos dos artigos devem conter entre 15 e 20 laudas.
2.1.2. Os trabalhos devem apresentar os seguintes elementos:
Título: colocado no inicio do trabalho, a 3 cm da borda superior, em caixa alta, em negrito, em fonte Times New Roman, tamanho 12, alinhamento centralizado. Se houver subtítulo, deve ser separado do titulo principal, por dois pontos. Entre título e subtítulo, espaçamento simples.  
Nome do autor: deve constar o nome completo do (s) autor (s), em ordem normal, caixa baixa, alinhado à direita, tamanho 11, seguido de uma chamada de nota de rodapé, tamanho 10, onde devem constar a titulação do (s) autor (es), sua filiação institucional, e o endereço eletrônico de e-mail. Entre o título e o nome do autor, o espaçamento é 1,5, sem negrito.
Resumo em língua portuguesa e em língua estrangeira: a palavra “resumo” deve ser escrita em caixa alta, centralizada, tamanho 11, em negrito, seguida do texto, com espaço de uma linha entre a palavra “resumo” e o texto, cuja redação deve ser feita em parágrafo único, espaçamento simples, tamanho 11, utilizando a terceira pessoa do singular e os verbos escritos na voz ativa. Deve possuir uma extensão de 100 a 250 palavras.
Palavras-chave: colocado após o resumo, espaçamento de uma (1) linha, deve conter três (3) a quatro (4) palavras, com inicial em maiúscula e as demais em minúsculo, separadas por ponto e concluídas por ponto. São aceitos resumos em inglês, francês e espanhol. A expressão “Palavras-chave” deve ser negritada e em caixa Baixa. As palavras devem ser postas na mesma linha da expressão “palavras-chave”, após os dois pontos. Ex: Palavras-chave: Letramento. Escrita. Prática social.

2.1.3. Configuração dos artigos;
a) Folha – formato ofício – A4, 21 cm x 29, 7 cm;
b) Margens: superior e esquerda: 3 cm; inferior e direita: 2 cm;
c) Digitação: Times New Roman, tamanho 12, no corpo do texto, e tamanho 10 nas citações, notas, referências e rodapés;
d) Indicativo da seção: numeral que vem antes do título da seção, alinhado à margem esquerda, em algarismos arábicos, separados do seu título por apenas um espaço, com recuo de primeira linha de 1 cm, ou equivalente a um toque na tecla TAB do computador.
e) Títulos: alinhados à margem esquerda, em caixa alta, tamanho 12, separados por uma linha em branco de 1,5 do texto anterior e do texto posterior.
f) Espaçamento: entre linhas do corpo do texto, espaço de 1,5 cm. Porém, nos resumos, citações, notas, rodapés, e referências, espaço simples.
g) Entrada de parágrafo: de 1,25 ou o equivalente a um toque na tecla TAB do computador.

h) Citações: citações diretas breves de até três (3) linhas são incluídas no corpo do texto, com aspas, no mesmo tamanho da fonte do texto. Porém, citações longas são destacadas do texto, com recuo de 4 cm da margem esquerda, sem recuo de primeira linha.
i) Imagens e tabelas: devem ser autoexplicativos, isto é, precisam dialogar com o conteúdo apresentado, sem necessitar recorrer ao texto.
Para as imagens, a identificação deve ser feita na parte superior da imagem, alinhada à esquerda, com a palavra designativa em letras minúsculas, sendo a primeira escrita em maiúscula. Por exemplo: Figura 1: Divisão de etapas de funcionamento. As imagens devem possuir as seguintes especificações: modelo paisagem, altura de 11,5 cm e largura de 16 cm.
Para as tabelas: devem ser numeradas consecutivamente com algarismos arábicos, que seguem a palavra “Tabela” com alinhamento centralizado, escrita em letras minúsculas, posicionada na parte superior. Exemplo: Tabela 1. Tabela 2. Tabela 3, seguida pelas colunas.
j) Siglas: quando ocorre pela primeira vez a palavra no texto, deve ser escrita em forma completa, em minúscula, seguida pela sigla, que vem colocada em parênteses, em maiúsculo.
k) Paginação: as páginas dos trabalhos submetidos à Nova Revista Amazônica (NRA) não podem ser numeradas.
l) Palavras em língua estrangeira e indígena devem ser destacadas em estilo de fonte itálico no texto.
2.2. Resenhas
2.2.1. O autor deve ter, no mínimo, titulação de mestre.
2.2.2. Os textos direcionados a essa seção não devem ultrapassar o limite de seis (06) laudas;
2.2.3. Serão aceitos textos referentes a obras editadas há no máximo 03 anos, e, no caso de reedições, justificar sua pertinência devido às suas atualizações;
2.2.4. As resenhas devem apresentar a seguinte especificação:
a) Folha – formato ofício – A4, 21 cm x 29, 7 cm;
b) Margens: superior e esquerda: 3 cm; inferior e direita: 2 cm;
c) Digitação: Times New Roman, tamanho 12, no corpo do texto, e tamanho 10 nas citações, notas, referências e rodapés;
d) Título da resenha: deve possuir apenas o título principal, com alinhamento centralizado, caixa alta, tamanho 12, em negrito, separado por uma linha em branco de 1,5 do texto anterior e do texto posterior. Havendo subtítulo, é separado do título principal por dois pontos, com espaçamento de 1,5.
e) Nome do autor: deve constar logo abaixo do título principal o nome completo do (s) autor (s), em ordem normal, caixa baixa, alinhado à direita, tamanho 11, seguido de uma chamada de nota de rodapé, tamanho 10, onde devem constar a titulação do (s) autor (es), sua filiação institucional, e o endereço eletrônico de e-mail. Entre o título e o nome do autor, o espaçamento é 1,5, sem negrito.
f) Espaçamento: entre linhas do corpo do texto, espaço de 1,5 cm. Nas citações, notas, rodapés, e referências, espaço simples.
g) Entrada de parágrafo: de 1,25cm, ou o equivalente a um toque na tecla TAB do computador.
h) Citações: citações diretas breves de até três (3) linhas são incluídas no corpo do texto, com aspas, no mesmo tamanho da fonte do texto. Porém, citações longas, são destacadas do texto, com recuo de 4 cm da margem esquerda, sem recuo de primeira linha, sem aspas, fonte 10.
l) Siglas: quando ocorre pela primeira vez a palavra no texto, deve ser escrita em forma completa, em minúscula, seguida pela sigla, que vem colocada em parênteses, em maiúsculo.
j) Paginação: as resenhas submetidas à Nova Revista Amazônica (NRA) não podem estar com páginas numeradas.
k) Referências: a bibliografia resenhada deve constar no final do trabalho, no item Referências, alinhadas à esquerda, tamanho 12.
2.3. Ensaios etnofotográficos
2.3.1. O autor deve ter, no mínimo, titulação de mestre.
2.3.2. Os textos direcionados a essa seção não devem ultrapassar o limite de seis (06) laudas;
2.3.4. Os ensaios devem apresentar a seguinte especificação:
a) Folha – formato ofício – A4, 21 cm x 29, 7 cm;
b) Margens: superior e esquerda: 3 cm; inferior e direita: 2 cm;
c) Digitação: Times New Roman, tamanho 12, no corpo do texto, e tamanho 10 nas citações, notas, referências e rodapés;
d) Título do ensaio: deve possuir o título principal, com alinhamento centralizado, caixa alta, tamanho 12, em negrito, separado por uma linha em branco de 1,5 do texto anterior e do texto posterior. Havendo subtítulo, é separado do título principal por dois pontos, com espaçamento de 1,5.
e) Nome do autor: deve constar logo abaixo do título principal o nome completo do (s) autor (s), em ordem normal, caixa baixa, alinhado à direita, tamanho 11, seguido de uma chamada de nota de rodapé, tamanho 10, onde devem constar a titulação do (s) autor (es), sua filiação institucional, e o endereço eletrônico de e-mail. Entre o título e o nome do autor, o espaçamento é 1,5, sem negrito.
f) As imagens terão as seguintes especificações: sem legenda, devem dialogar com o texto narrativo e possuir as seguintes especificações: modelo paisagem, altura de 11,5 cm e largura de 16 cm.
g) As imagens utilizadas não podem ter problemas autorais.
h) Espaçamento: entre linhas do corpo do texto, espaço de 1,5 cm. Nas citações, notas, rodapés, e referências, espaço simples.
i) Entrada de parágrafo: de 1,25cm, ou o equivalente a um toque na tecla TAB do computador.
j) Citações: citações diretas breves de até três (3) linhas são incluídas no corpo do texto, com aspas, no mesmo tamanho da fonte do texto. Porém, citações longas, são destacadas do texto, com recuo de 4 cm da margem esquerda, sem recuo de primeira linha, sem aspas, fonte 10.
k) Siglas: quando ocorre pela primeira vez a palavra no texto, deve ser escrita em forma completa, em minúscula, seguida pela sigla, que vem colocada em parênteses, em maiúsculo.
l) Paginação: os ensaios submetidos à Nova Revista Amazônica (NRA) não podem estar com páginas numeradas.
m) Referências: a bibliografia utilizada no ensaio deve constar no final do trabalho.
2.4. Crônicas Etnográficas
2.3.1 O autor deve ter, no mínimo, titulação de mestre.
2.3.2 Os textos direcionados a essa seção não devem ultrapassar o limite de quatro (04) laudas;
2.3.4 Os ensaios devem apresentar a seguinte especificação:
a) Folha – formato ofício – A4, 21 cm x 29, 7 cm;
b) Margens: superior e esquerda: 3 cm; inferior e direita: 2 cm;
c) Digitação: Times New Roman, tamanho 12 no corpo do texto, e tamanho 10 nas notas e rodapés;
d) Título da crônica: deve possuir apenas o título principal, com alinhamento centralizado, caixa alta, tamanho 12, separados por uma linha em branco de 1,5 do texto anterior e do texto posterior. Primeiro deve constar o título em Língua Portuguesa e em seguida a tradução em língua estrangeira. Aconselha-se o uso da língua inglesa, espanhola ou francesa.
e) Nome do autor: deve constar logo abaixo do título principal o nome completo do (s) autor (s), em ordem normal, caixa baixa, alinhado à direita, tamanho 11, seguido de uma chamada de nota de rodapé, tamanho 10, onde devem constar a titulação do (s) autor (es), sua filiação institucional, e o endereço eletrônico de e-mail. Entre o título e o nome do autor, o espaçamento é 1,5, sem negrito.
f) As imagens terão as seguintes especificações: sem legendas, devem dialogar com o texto narrativo e possuir as seguintes especificações: modelo paisagem, altura de 11,5 cm e largura de 16 cm.
g) As imagens utilizadas não podem ter problemas autorais.
h) Espaçamento: entre linhas do corpo do texto, espaço de 1,5 cm. Nas citações, notas, rodapés, e referências, espaço simples.
i) Entrada de parágrafo: de 1,25cm, ou o equivalente a um toque na tecla TAB do computador.
j) Paginação: os ensaios submetidos à Nova Revista Amazônica (NRA) não podem estar com páginas numeradas.
2.5. Vídeos etnográficos
O produtor deve ter, no mínimo, titulação de mestre. ão produções fílmicas que se aproximam do método da Antropologia. Devem possuir as seguintes especificações técnicas:

a) Título da sinopse: com alinhamento centralizado, caixa alta, tamanho 12, separados por uma linha em branco de 1,5 do texto anterior e do texto posterior. O título deve ser escrito em língua portuguesa e inglesa.
b) Nome dos autores: deve constar logo abaixo do título principal o nome completo do (s) autor (s), em ordem normal, caixa baixa, alinhado à direita, tamanho 11, seguido de uma chamada de nota de rodapé, tamanho 10, onde devem constar a titulação do (s) autor (es), sua filiação institucional, e o endereço eletrônico de e-mail. Entre o título e o nome do autor, o espaçamento é 1,5, sem negrito.
c) Sinopse: a palavra Sinopse deve estar em português, caixa alta, seguida de dois pontos. Na sequência, o texto escrito em parágrafo único, alinhamento justificado, sem recuo de primeira linha, espaçamento simples, fonte Times New Roman, tamanho 12.
d) Synopsis: a palavra Synopsis deve está em língua estrangeira (inglês, francês ou espanhol) caixa alta, seguida de dois pontos. Na mesma linha, o texto escrito em inglês, francês ou espanhol, parágrafo único, alinhamento justificado, sem recuo de primeira linha, espaçamento simples, fonte Times New Roman, tamanho 12.
e) palavras-chave: colocadas após a sinopse, espaçamento de uma (1) linha, deve conter três (3) a quatro (4) palavras, com inicial em maiúscula e as demais em minúsculo, separadas por ponto e concluídas por ponto. A expressão “Palavras-chave” deve ser negritada. As palavras devem ser postas na mesma linha da expressão “palavras-chave”, após os dois pontos.
f) Ficha técnica com equipe de trabalho e créditos.
g) Os vídeos devem ser de até 10 min. e filmados com equipamentos que garantam uma boa resolução.

2.6. Entrevistas
a) O autor deve ser, no mínimo, doutor e possuir produção relevante no campo das humanidades. Os textos submetidos por mestres ou mestrandos somente serão avaliados se em coautoria com orientador-doutor.
b) O número de laudas não deve ultrapassar seis (6).
c) Os trabalhos devem apresentar os seguinte elementos: Título; – Título em inglês; – Nome do Entrevistado e do Entrevistador; – Apresentação da entrevista e do entrevistado; –  Transcrição; – Breve biografia do entrevistador com, no máximo, três linhas e e-mail.
3. Declaração de direitos autorais
Os autores que publicarem nesta revista concordam com os seguintes termos:
3.1. Mantêm os direitos autorais e concedem à NRA o direito de primeira publicação em versão eletrônica e impressa, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento da publicação com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
3.2. Têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.
3.3. Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado.
3.4. Artigos publicados nesta revista não podem ser excluídos da versão eletrônica, tampouco seu acesso e citação podem ser restringidos, a não ser de comum acordo entre editoria e autor.

4. Procedimentos para análise a aprovação dos artigos

Dar-se-ão segundo o Regimento da Nova Revista Amazônica, a saber:
TÍTULO VI

Art. 16° A análise e aprovação dos artigos se dão baseados em princípios de ética na pesquisa, na divulgação das informações e em conformidade com a legislação vigente. Assim, é mantido constante comunicação entre os autores, pareceristas, revisores, afim de realizar um trabalho em conjunto em cada publicação da Nova Revista Amazônica.
Art. 17° Quanto aos princípios éticos, os autores devem manter o anonimato das identidades dos sujeitos das pesquisas, salvo se tiverem autorizações conforme os procedimentos éticos científicos.
Art. 18° Em relação às produções dos autores, serão respeitados seus posicionamentos ideológicos, sobretudo, aqueles cujas tendências atentem em favor da diversidade étnica, cultural, política, de gênero ou religiosa no contexto amazônico.
Art. 19° Artigos que contenham conflitos de interesses não serão considerados pela equipe editorial.
Art. 20° Artigos apresentados em eventos científicos devem conter especificações da natureza e origem do evento em nota de rodapé, vinculado ao nome dos autores. É necessário que o artigo seja submetido em situação de ineditismo para a publicação.
Art. 21° Artigos de autores convidados, bem como artigos traduzidos, devem obedecer às especificações quanto à ética, à originalidade e, sobretudo, as normas e diretrizes para autores da Nova Revista Amazônica.
Art. 22° Os pareceristas e revisores devem manter sigilo e lisura durante o processo de aprovação e aceitação dos artigos, informando ao editor da revista casos de plágio e desrespeito aos princípios éticos da pesquisa.
Das disposições gerais
Art. 16° Os casos omissos e as dúvidas suscitadas na aplicação do presente Regimento serão dirimidos pela Comissão Executiva da Nova Revista Amazônica.
Da política de privacidade
Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.
ISSN 2318-1346